Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e doenças causadas por mosquitos: você deixou seu filho ir ao Jogos?

Por 0 Comentários


Outro dia, quando comentei nas redes sociais que levaria Catarina para ver uma partida dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, algumas leitoras me perguntaram se eu não tinha receio de deixá-la ir, em função de doenças causadas por mosquitos, que circulam em nosso país. Eu não tinha parado para pensar nisso até então, mas não é que foi uma ótima oportunidade para avaliar o assunto? E mesmo depois de ter feito minha reflexão, continuei firme na proposição de levar minha pequena para assistir à partida.

olimpiadas-down

Em primeiro lugar, cheguei à conclusão de que as medidas preventivas contra as doenças transmitidas pelos mosquitos devem ser feitas constantemente, como o uso de repelentes (ou seja, já faço tudo isso em casa, e não precisaria fazer nada diferente para a pequena ou me proteger em um estádio). Sei também que algumas medidas foram tomadas para a proteção dos atletas, técnicos, voluntários, funcionários. O Comitê Organizador Rio 2016 distribuiu 115 mil unidades de OFF!® durante o evento e, numa ação liderada pela marca OFF!®, Fornecedora Oficial de Repelentes de Insetos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, foram distribuídas 200 mil amostras grátis do repelente no Parque Olímpico, na Barra, e no Complexo de Deodoro durante os Jogos.

Se o seu filho for ficar exposto em um ambiente ao ar livre por muito tempo, minha dica é o uso de um repelente de longa duração (o uso de calça e mangas compridas também ajuda, mas nós sabemos que nem sempre dá para se vestir dessa forma, dependendo da temperatura ambiente). Falando, inclusive, sobre a linha OFF!®, sei que eles lançaram um novo produto: o OFF!® Longa Duração, com 25% de DEET, que dura até 8 horas. Ele pode ser usado em crianças acima de 12 anos. Para os mais novos, há produtos da marca que podem ser usados a partir dos 2 anos de idade. Já testei em mim e achei bacana, porque ele deixa um toque seco, sem a pele ficar “melada”.

Confira a linha completa em http://www.linhaoff.com.br

selo




Arquivado em: Publieditorial Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail