O que eu realmente quero dar de presente para o meu pai, no Dia dos Pais

Por 0 Comentários


Tenho algumas lembranças muito fortes do meu pai, da fase em que eu era criança. Certa vez ele construiu uma tabuleiro, onde colocou as bandeiras de todos os países do mundo, para me mostrar todas elas. Era uma de nossas brincadeiras preferidas: descobrir as cores de cada local do planeta. Alguns anos mais tarde, cheguei em casa com um projeto de uma hidrelétrica, para a feira de ciências da escola. Ele não só me ensinou como uma funcionava, como passamos semanas construindo uma maquete que iluminava toda uma cidadezinha! Coisas que o coração de filha não esquece, mesmo que se passem mil anos.

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Mas me lembro também que meu pai não tinha muito tempo para ficar conosco. Por anos, ele viajou todas as noites para uma cidade vizinha, para fazer uma segunda faculdade. Ele saía de casa cedinho para o trabalho, e muitas vezes só o víamos durante alguns minutos do dia. Até que o fim de semana chegava, e aí sim ele era inteiramente da família.

Talvez eu só tenha entendido todo o esforço do meu pai para se fazer presente depois de ter uma filha. E de ver como meu marido precisa conquistar seu espaço – porque o da mãe, nessa primeira infância, lhe é dado naturalmente. Primeiro pela barriga que cresce, depois com o vínculo fortalecido pela amamentação… Mas com o pai é diferente: ele precisa encontrar outras formas de se comunicar o filho, de criar laços. E isso podendo ter a desvantagem de passar boa parte do dia fora de casa.

Hoje eu admiro meu pai mais do que nunca. Vejo o quanto ele foi amigo, confidente, professor, e um grande apoiador dos meus sonhos, mesmo lutando contra o tempo. E percebo que a melhor forma de retribuir todo esse amor é lhe proporcionando uma chance de ter o relógio ao seu favor, no papel de avô. Agora as tardes para caminhar com a filha, com a neta são reais. Agora ele pode brincar sem se preocupar com o trabalho a fazer.

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

Imagem: Arquivo Pessoal

E para que ele lembre sempre que agora o tempo está a seu favor, decidimos dar um presente que eu acredito que o sempre marcará: um relógio. Escolhemos esse modelo da Tommy Hilfiger. Se você gostou e quer dar de presente no Dia dos Pais, seja para o seu pai ou para o pai do seu filho, eu deixo a dica: você encontra na Vivara (clique aqui para ver o site). Existem muitas opções para combinar com o estilo do seu pai (ou do pai do seu filho). #tommyhilfigerwatches ). #tommyhilfiger @vivaraonline #vivara

selo




Arquivado em: Publieditorial Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail