5 comidinhas que seu filho pode ajudar a preparar (mesmo sendo pequenininho!)

Por 0 Comentários


Tem coisa mais gostosa do que cozinhar junto com um filho? Se você ainda não experimentou, precisa tentar – por aqui começamos cedo, quando Catarina tinha dois ou três aninhos (sim, ela já ajudava!). Sempre há algo que os pequeninos possam fazer – desde colocar um ingrediente dentro do liquidificador (mesmo que faça um pouco de sujeira), até ajudar na montagem do prato. Claro que é preciso cuidado redobrado com a presença de facas e panelas, mas com um pouco de organização é possível fazer uma atividade super bacana, com o máximo de segurança. E a melhor parte é que as crianças se sentem realmente importantes, verdadeiros chefs de cozinha (e podem até topar experimentar alimentos e sabores diferentes!).

A seguir eu mostro algumas sugestões de “momentos gastronômicos” perfeitos para fazer em família (ao invés de pedir aquela comida pronta, já habitual no fim de semana). Por aqui eles já são uma tradição, e posso dizer que se transformam em algumas das melhores memórias que temos juntos! Experimente!

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Montando sanduíches

Deixe tudo separado: os pães cortados, as fatias de queijo, as alfaces, outras verduras e legumes lavados (como cenoura ralada, tomate e pepino), assim como as demais misturas para o sanduíche (você pode optar por opções frias, como frango desfiado, ou tradicionais, como hambúrgueres caseiros, que devem ser preparados antes – e que podem contar com a ajuda do filhote na moldagem). Com tudo pronto, cada um monta o seu lanche, ou então cada pessoa fica responsável por uma “função” (alguém para passar os molhos – maionese, mostarda, etc -, outro para uma parte da montagem, até chegar ao adulto, que finaliza o processo – o que pode ser feito na chapa, no grill, ou nas sanduicheiras convencionais).

No final, ainda dá para incrementar o lanche com bandeirinhas nos palitos, como em hamburguerias (você deve confeccioná-las antes com o filhote. Vocês podem fazer uma para cada tipo de sanduíche ou então uma por integrante da família. Depois é só o pequeno desenhar e colar em um palito de dente). E não custa alertar: apenas tome cuidado para ninguém engolir o palitinho!

 

Fazendo pizza

Assim como com os sanduíches, a dica aqui é deixar todos os ingredientes separados em potinhos, para a criançada ir montando as redondas. Eu passei por essa experiência em casa (nesse post eu conto direitinho como fazer).

 

Preparando bolo

Receitas de massas de bolos geralmente seguem o mesmo critério, sem segredos, e os pequenos podem ajudar a prepará-las (eles aprendem rapidamente o processo!). Para evitar acidentes, deixe os ingredientes necessários separados nas quantidades certas (ou, dependendo da idade, peça para o pequeno calcular), para que o filhote consiga acrescentá-las. A tarefa de colocar para assar é do adulto, claro! Mas você pode convidar seu filho e talvez até seus amigos para uma finalização caprichada: separe granulados e outros docinhos, ou frutas picadinhas, para que as crianças decorem a sobremesa!

 

Decorando biscoitos

O bacana de fazer biscoitos é que, além do preparo da massa (a nossa preferida é essa aqui, de fécula de batata – uma receita de família que eu simplesmente amo, e que recomendo para todas as leitoras!), os pequenos podem entrar como auxiliares no corte e na transferência para a forma. Antes de ir ao forno, os biscoitos podem ser modelados na mão, ou ainda com o uso de cortadores (com os quais você pressiona a massa, para dar a forma desejada). Experimente comprar alguns modelos com formatos diferentes e ver o grande sucesso que eles fazem!

Depois de prontos, os biscoitos podem ser decorados com coberturas e granulados (deixe algumas opções à disposição para o filhote criar como quiser). Outra boa ideia é vocês montarem uma cesta para presentear alguém com os quitutes!

 

Modelando docinhos

Se o filhote adora brincar com massa de modelar, que tal convidá-lo para enrolar alguns doces, como brigadeiro, beijinho e bicho-de-pé? Dividam-se: enquanto um enrola, o outro fica responsável por passar as bolinhas no granulado (ou açúcar) e colocá-las nas forminhas (ah, também precisa de alguém para separá-las antes!). Só comam com moderação depois, combinado?




Arquivado em: AtividadesComidinhasDiversão Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail