Mulheres têm mais necessidade de dormir bem do que os homens, aponta estudo

Por 1 Comentário


Ter um bebê pequeno em casa não é nada fácil: quem já teve um sabe que é quase impossível passar por uma noite de sono, sem interrupções, por meses (talvez anos!). E mesmo depois que os pequenos crescem um pouquinho, quem disse que nós, mães, conseguimos dormir bem? Continuamos com as eternas preocupações com os filhos, com a casa, o trabalho e até mesmo com problemas que, não necessariamente, nos dizem respeito, mas que acabam nos tirando o sono! Já viu esse filme por aí? Aposto que sim!

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Contudo, é fato que dormir bem é uma necessidade fundamental para o organismo de qualquer pessoa. O que talvez você não saiba, e que agora foi cientificamente comprovado, é que as noites mal dormidas afetam muito mais as mulheres do que os homens! Isso foi apontado por uma pesquisa feita pela Universidade de Duke, nos Estados Unidos, e que avaliou 210 homens e mulheres. Por meses, essas pessoas foram analisadas quanto à qualidade de seu sono, o número de acordadas noturnas, e tiveram calculados os riscos de desenvolvimento de algumas doenças.

Segundo o estudo, a diferença hormonal entre homens e mulheres é que faz com que os efeitos negativos do dormir mal sejam sentidos muito mais por nós, do sexo feminino. E como resultado, o estudo mostrou que as mulheres que não conseguiam dormir bem acordavam mais zangadas no dia seguinte (jura? Qualquer semelhança com que acontece por aqui é mera coincidência!), diferentemente dos homens, que não eram tão afetados. E mais: após um longo período de noites ruins, ficavam mais propensas a desencadear hostilidade, sentimentos de aflição, raiva e até quadros de depressão e problemas cardíacos. Ou seja, não é brincadeira!

Agora que você já conhece essas informações, saberá muito bem explicar o motivo do seu mal humor matinal, depois de um certo tempo acordando três ou quatro vezes durante a noite (se o filhote está doentinho, ou na fase de amamentação, é claro que seguramos as pontas e vamos em frente! Mas e quando você sabe que está tudo bem e o filhote começa a acordar de hora em hora? Ou simplesmente para fazer xixi, beber água? Não há saúde que aguente!). E vale até compartilhar com o maridão: quem sabe ele não percebe que toda a família tem muito a ganhar se dividir o trabalho noturno com você?




Arquivado em: ComportamentoNotíciasPapo de mãeSaúde Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Nathany Mello disse:

    Adorei seu post,

    parabéns.

    bjos

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail