Pote da calma: um objeto que pode tranquilizar seu filho (e que pode ser feito em casa!)

Por 0 Comentários


Quando você vira mãe, descobre que as crises de birra não acontecem apenas na casa da vizinha – seu filho, aquele bebê risonho e simpático, passa a reclamar, gritar e espernear ao ser contrariado! E nem sempre é fácil acalmar o filhote: você tenta conversar, explicar, mas as lágrimas não param de rolar (e haja paciência para enfrentar essa fase!).

E se existisse uma forma mágica de acabar com a choradeira, não seria o máximo? Pois eu fiquei encantada com um objeto que se propõe a tranquilizar os pequenos, e que é baseado no conceito Montessori: o pote da calma (ou calming ou mind jar, em inglês). A peça é simples e pode ser feita em casa: consiste em um pote cheio de água e purpurina que, à medida que a criança o balança, forma desenhos que chamam a atenção pelo brilho, estimulam a criatividade, e, por tudo isso, acabam aliviando o estresse. É como quando falamos para um adulto respirar fundo: a tática é prestar atenção no momento presente, para conseguir relaxar. Especialistas no assunto afirmam que a fórmula funciona melhor com crianças entre dois e cinco anos (e o tamanho do pote deve ser adequado ao do pequeno). Mas a eficácia também depende da personalidade de cada um (pode ser que não funcione com todos, mas com certeza vale a pena a tentativa, não é mesmo?).

Ficou curiosa? Então dá só uma olhadinha em como preparar o seu pote da calma de forma caseira (e não deixe de me contar se deu certo nos comentários!):

Como fazer o pote da calma (calming jar):

Em um pote de plástico (ou uma garrafa pet), misture 2 colheres de sopa de cola glitter* com água morna, até chegar próximo ao limite do recipiente. Mexa bem até que a cola se desmanche na água. Feito isso, acrescente 4 colheres de chá de purpurina e misture novamente. Em seguida, coloque mais 4 gotas de corante alimentício e, antes de fechar, cubra o gargalo com papel filme (para evitar que vaze água quando o pequeno estiver brincando). Na hora de mostrar ao filhote, balance bem o pote.

*Sobre as cores da cola e da purpurina, você pode usar as que desejar, mas vale lembrar daquelas que mais estimulam a calma: o azul, o verde e o lilás. Utilize tons de uma mesma cor (para deixar o efeito mais intenso) ou de cores diferentes – tudo é válido para atrair a atenção dos pequenos!




Arquivado em: Diversão Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail