Nivea Stelmann dá sua dica exclusiva sobre desfralde!

Por 0 Comentários


Sabem que para o post de hoje eu trouxe uma surpresa para vocês? Uma dica de mãe muito bacana – em primeiro lugar porque ela é dada por uma atriz que todas nós conhecemos, a linda Nívea Stelmann (e não é uma delícia quando descobrimos que até mesmo as famosas se derretem pelas doçuras da vida materna, e se descabelam com seus dilemas?); e também porque ela fala sobre um assunto que se mostra um verdadeiro desafio em quase todas as famílias: o temido desfralde.

No filme da sua vida, os protagonistas da história de Nívea são seus filhos Miguel, de 11 anos, e Bruna, de um ano e meio. Dona de uma carreira de respeito e de um sorriso generoso, a atriz, sempre que pode, deixa claro que, dentre todos os papéis que já desempenhou, o melhor deles é aquele que ela encarna todos os dias: o de mãe. Seja em seu perfil no Instagram (@niveastelmann) ou em seu canal no Youtube, ela não se cansa de falar sobre os seus maiores amores e sobre sua rotina com as crianças. E em um papo descontraído, por telefone, ela compartilhou conosco sua dica (que eu achei super interessante – afinal, na maioria das vezes, tiramos a fralda do filhote e então começamos seu treino para usar o penico ou o vaso; mas quem disse que não dá para começar o processo de outra forma?). Vem dar uma espiadinha!

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

“Desfraldar o Miguel foi uma experiência bastante tranquila. Decidi tirá-lo das fraldas quando ele completou 2 anos, uma idade que considerei boa, ao menos para ele – nem muito cedo, nem muito tarde. Com a Bruna, planejo fazer da mesma maneira e, por isso mesmo, já comecei a preparar o terreno. Acredito que quando vamos familiarizando a criança com o banheiro e com a ideia de usar o vaso sanitário, tudo fica mais fácil. Acho que observar o ritmo dos filhos e reconhecer as mensagens corporais que eles transmitem quando ainda são bebês ajuda bastante no momento de encarar o desfralde. Por exemplo: como sei que a Bruna muitas vezes faz cocô depois de almoçar, nessa hora, sempre que posso, a levo ao banheiro e a coloco sentadinha no vaso. Fico ali conversando, cantando, contando uma história, enquanto dou um tempo para ela fazer suas necessidades. Muitas vezes dá certo! E, assim, ela vai, aos poucos, ficando cada vez mais pronta para essa nova etapa.”




Arquivado em: Toda mãe tem sua dica Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail