6 dicas para um piquenique inesquecível!

Por 1 Comentário


Reservar uma tarde para levar o filhote a um piquenique pode render um dia inesquecível para a família toda. E, além de escolher as comidinhas para levar ao local, também é importante pensar em outros cuidados, para que o passeio seja realmente um momento de diversão (e não uma dor de cabeça!). Quer saber quais são? Então vem dar uma espiadinha nessas dicas, que podem ajudá-la a programar um piquenique dos sonhos!
Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Escolha bem o local

Os parques costumam ser os locais preferidos de quem opta por um piquenique. Se você escolher essa opção, recomenda-se que seja um local que você já conheça – para saber os pontos mais tranquilos e longe do movimento, mas que ao mesmo tempo sejam seguros e agradáveis para passar a tarde tranquilamente. O ideal é que o cantinho para se acomodar seja em uma sombra (por esse motivo, muitas pessoas gostam de sentar embaixo de árvores. É uma boa ideia, mas não deixe de verificar possíveis casas de insetos nos galhos, e se a árvore é frutífera – tudo isso para evitar possíveis acidentes durante o lanche!). Também olhe bem para o chão, para não ter perigo de sentar ou estender a toalha sobre um formigueiro. Lembre que o gostoso é aproveitar um local com bastante natureza, para a atividade fugir mesmo da rotina.

Ah! E não se esqueça de, uma vez escolhido o local, verificar a previsão do tempo (ninguém quer passar a tarde na chuva, não é mesmo?).

 

Escolha bem o local

Os parques costumam ser os locais preferidos de quem opta por um piquenique. Se você escolher essa opção, recomenda-se que seja um local que você já conheça – para saber os pontos mais tranquilos e longe do movimento, mas que ao mesmo tempo sejam seguros e agradáveis para passar a tarde tranquilamente. O ideal é que o cantinho para se acomodar seja em uma sombra (por esse motivo, muitas pessoas gostam de sentar embaixo de árvores. É uma boa ideia, mas não deixe de verificar possíveis casas de insetos nos galhos, e se a árvore é frutífera – tudo isso para evitar possíveis acidentes durante o lanche!). Também olhe bem para o chão, para não ter perigo de sentar ou estender a toalha sobre um formigueiro. Lembre que o gostoso é aproveitar um local com bastante natureza, para a atividade fugir mesmo da rotina.

Ah! E não se esqueça de, uma vez escolhido o local, verificar a previsão do tempo (ninguém quer passar a tarde na chuva, não é mesmo?).

Escolha a toalha

O primeiro item da cesta que deve ser lembrado é a toalha (mas deixe para colocá-la por último, para facilitar sua retirada assim que chegarem ao lugar escolhido para o passeio). Quando falamos em piquenique, muita gente logo pensa na tradicional toalha xadrez para estender no chão (e se você tiver uma assim em casa, aproveite para usá-la! É um charme!).

Além dessas toalhas de mesa, outra opção interessante é levar cangas de praia, tanto para sentar como para colocar os pratinhos. E não se esqueça de que, independentemente da escolha, a peça deve ser grande para caber tudo. Para garantir ainda mais o conforto da família, há quem goste de levar almofadas. Como são objetos difíceis de carregar, opte pelas menores e com capas, para que a limpeza seja mais fácil, caso sujem.

 

Prepare tudo com antecedência

O gostoso de um piquenique é que a diversão com a criançada começa antes do programa em si. No dia anterior, leve o pequeno ao supermercado, para escolherem juntos o que levar na cesta. Também não se esqueça de incluir nas compras outros itens fundamentais, como guardanapos, copos descartáveis, álcool gel (para limpar as mãos, afinal, nem todos os locais têm água), repelente e filtro solar (já que os dias ensolarados são os preferidos para o passeio).

Além de fazer tudo isso com antecedência, também é bacana preparar as comidinhas com tempo (no dia anterior ou pela manhã, caso vocês façam o passeio à tarde).

 

Conserve os alimentos

Se você optar por frutas, sanduíches, bolos e outros petiscos desse tipo, é possível levá-los diretamente na cesta (ou dentro de potinhos e sacolas, em seu interior). Sucos também podem ser levados na cestinha, preferencialmente dentro de garrafas térmicas bem fechadas, para mantê-los frescos. Se fizer questão de iogurtes e outros produtos que exijam refrigeração, não se esqueça de colocá-los em bolsas térmicas (há pacotes de gel que podem ir ao freezer, e que mantêm a temperatura das “geladeirinhas” se colocados lá dentro).

 

Garanta a limpeza

Para facilitar que as pessoas se sirvam (e que as crianças não façam muita bagunça), o ideal é que as comidinhas já estejam cortadas em porções individuais.  A recomendação só não vale para algumas frutas, que podem estragar mais rapidamente se descascadas antes. Potinhos com salada de fruta, na qual o próprio suco de laranja é usado para evitar a oxidação dos alimentos, são uma ótima pedida (mesmo assim eu, pessoalmente, prefiro levá-los na bolsa térmica).

Outra dica para garantir a limpeza do local é levar sacolas para recolher o lixo no final.

 

Lembre-se da diversão

Além de comer, a tarde pode ser muito bem aproveitada com brincadeiras. Se o local escolhido não tiver um parquinho ou playground, não deixe de levar alguns itens para criar atividades legais com o filhote. Algumas alternativas são fazer bolhas de sabão, pular corda, brincar de peteca, bola, mímica ou, se estiverem em um grupo com mais crianças, sugerir outras formas de diversão, como telefone sem fio, elefantinho colorido e passa anel.




Arquivado em: Passeios Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Felipe Dias disse:

    Postagem especial. Parabéns!

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail