20 cortinas para o quarto do bebê

Por 0 Comentários


Quando eu estava montando o quarto de bebê de Catarina, descobri que as cortinas eram um item essencial para uma boa decoração. Sem elas, o cômodo parece não estar completo – fica faltando aquele toque de aconchego, de ninho pronto para receber o filhote.

Mas as cortinas também têm um outro papel fundamental: o de escurecer o quarto, para que você possa começar a ensinar ao bebê a diferença entre o dia e a noite. Durante as sonecas diurnas, o ideal é deixar apenas uma penumbra, que pode ser conseguida com um tecido mais leve (que combina perfeitamente com o quarto do bebê – a tendência atual é fugir dos mais pesados, que podem dar um efeito exagerado ao ambiente), como uma seda leve, o chiffon e o voal.

Já à noite e no início da manhã, pode ser necessário o uso de um forro blackout, que barra a passagem da luz e favorece que o bebê durma um pouquinho mais, principalmente se o quarto receber luz direta do sol nesse horário do dia. Além disso, o forro protege o tecido mais nobre do desgaste natural, provocado pelo sol.

Para as mamães mais modernas, uma alternativa bacana é a utilização de uma cortina de rolo – em geral sua limpeza também é fácil, pois pode ser feita sem a remoção da peça, apenas com um pano úmido e o produto indicado pelo fabricante. Se optar por uma de tecido, não se esqueça de fazer uma lavagem frequente, pois o local acumula bastante pó, favorecendo o aparecimento de alergias respiratórias (siga a recomendação do seu pediatra – alguns pedem que as cortinas do quarto de bebês e crianças sejam lavadas quase mensalmente).

Por fim, não se esqueça de que as cortinas não devem ficar próximas ao berço ou trocador, para que o bebê não possa puxá-las, o que poderia provocar um acidente. Quando o filhote começar a andar, certifique-se de que os varões estão fixos corretamente, também para garantir sua segurança.

Agora vem dar uma espiadinha nas ideias de cortina que selecionei para inspirá-la a decorar o quarto do filhote! Tem muita coisa bacana!




Arquivado em: DecoraçãoSem categoria Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail