Estudo mostra que amamentar deixa o filho mais inteligente (e com maior renda no futuro)

Por 1 Comentário


Nos últimos dias, um estudo científico brasileiro foi extremamente comentado em todo o mundo: pesquisadores da Universidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, concluíram que a amamentação está relacionada ao QI das crianças a longo prazo, e até mesmo com a renda média na idade adulta. Se você ainda tinha alguma dúvida de que vale a pena persistir para que o processo das mamadas dê certo, aqui está mais um bom motivo!

bebe maior mamando

Olha que interessante: quase 3.500 bebês foram avaliados durante aproximadamente 30 anos – inicialmente, através de questionários sobre seus hábitos de amamentação; na idade adulta, por testes de QI e entrevistas sobre seu grau de escolaridade e renda. E o que os pesquisadores descobriram? Que houve uma diferença significativa entre os bebês amamentados por menos de um mês e aqueles que mamaram por pelo menos um ano. Bebês que mamaram por períodos intermediários (entre um mês e um ano) não se mostraram diferentes nem daqueles que mamaram muito pouco, nem daqueles que continuaram mamando depois do primeiro aniversário.

Mais um achado importante: essa diferença no QI não estava relacionada à classe social dos pais – ela aconteceu em grupos das mais diferentes rendas. E também em todos eles foi notado um maior ganho médio entre os filhos amamentados por mais de um ano (de novo, em comparação aos que mamaram menos de um mês) – a diferença na renda na idade adulta foi de R$341,00.

Uma possível explicação para o aumento do QI nas crianças amamentadas por bastante tempo seria um tipo específico de substância presente no leite materno – semelhante ao ômega 3 – que entra na formação das células cerebrais. É importante ressaltar que fizeram parte da pesquisa bebês que não receberam amamentação exclusiva, uma vez que não era uma prática comum na década de 80, época em que esses indivíduos foram amamentados.

O estudo completo (em inglês), publicado na revista The Lancet Global Health, você pode ver aqui.




Arquivado em: Amamentação Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

Sites que possuem links para este Post

  1. Amamentação prolongada: vale a pena conhecer os benefícios! : Mil dicas de mãe | 3 de dezembro de 2015

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail