Crianças com APLV não devem tomar vacina tríplice viral. Você sabia disso?

Por 1 Comentário


Essa semana houve uma recomendação do Ministério da Saúde para que crianças com alergia à proteína do leite de vaca (APLV) não tomem a vacina tríplice viral, com função de imunizar contra sarampo, caxumba e rubéola. Essa decisão foi tomada depois que algumas reações adversas foram notificadas em (poucas) crianças com esse tipo de alergia.

Imagem: Daniel Paquet via Compfight cc

Imagem: Daniel Paquet/Creative Commons

Desde junho desse ano, 4,4 milhões de crianças foram vacinadas no país com a tríplice viral, havendo a notificação de 28 casos de crianças com reações e que também apresentavam APLV. Todas elas passam bem no momento, mas, por precaução, o governo decidiu que os pequenos com esse tipo de alergia não devem ser vacinados no momento (ainda estudam como será feita a imunização nesses casos). Já a vacinação para as outras crianças continua normalmente.

Na bula da vacina não há contraindicação para crianças com APLV (apenas para aquelas com alergia à ovo – essas já não podiam tomar a tríplice viral). Mesmo assim o governo está estudando junto ao laboratório fabricante uma possível relação entre as reações adversas apresentadas e esse tipo de alergia. É importante dizer que a vacina usada aqui no Brasil é distribuída para países de todo o mundo e é considerada segura (por isso, caso seu filho não seja alérgico a leite, você pode levá-lo para vacinar com tranquilidade).

Informação importante e que merecia ser compartilhada aqui com vocês!

 




Arquivado em: Saúde Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail