Papinhas, purês, mingaus industrializados e orgânicos? Sim, eles existem!

Por 1 Comentário


Minha filha tem 3 anos e até hoje sou bem criteriosa com a alimentação dela. Na época em que a pequena foi introduzida aos alimentos sólidos, eu era o tipo de mãe que comprava ingredientes frescos, ia para a cozinha e preparava a papinha, dia após dia. Tenho certeza de que é desde o começo da vida que ensinamos hábitos saudáveis às crianças – elas se acostumam ao sabor daquilo que oferecemos, assim como o metabolismo de seu corpo é moldado segundo o que ele recebe (por isso é tão importante evitar o consumo de açúcar – sacarose – nos primeiros 2 anos e regulá-lo depois disso).

Também acho interessante oferecer alimentos integrais (que liberam energia de forma mais lenta e contínua, saciando a fome por mais tempo e evitando picos de glicemia – o que com o passar dos anos diminuirá as chances de obesidade e diabetes). E orgânicos, que são livres de agrotóxicos. Então uma alimentação assim deve passar longe de produtos industrializados, certo? Errado! E por isso a dica de hoje merece ser compartilhada com vocês.

Recebi recentemente os produtos da nova linha Beabá, da Jasmine Alimentos, para testar aqui em casa. Essa é a primeira linha orgânica de alimentos infantis do Brasil, elaborada com cereais integrais e orgânicos, ingredientes 100% naturais, rica em cálcio e vitamina C. Olha só por que gostei dela:

jasmine beaba

Papinhas: feitas com frutas orgânicas, nos sabores mix de frutas e maçã (ótima para o intervalo entre as refeições). A embalagem squeeze é super prática (o bebê pode apertar e ir chupando, e você aproveita todo o conteúdo).

Purês orgânicos: feitos apenas com vegetais e cereais naturais (não apresentam adição de açúcar, leite ou derivados – o que permite que sejam usados também pelos filhotes com intolerância à lactose ou alergia à proteína de leite). Não contêm conservantes e vêm em embalagens livres de BPA, que podem ser aquecidas em banho-maria ou micro-ondas. Disponível nos sabores Arroz e quinoa, Macarrão com vegetais e Abóbora, batata e cenoura.

Mingau orgânico: recomendado a partir dos 12 meses. O preparo é bem fácil e instantâneo (como é pré-cozido, não precisa ir ao fogo). Experimentamos o sabor “cereais com frutas”, que é bem gostoso! Também disponível nos sabores Arroz, quinoa e amaranto e Trigo e soja.

Eu achei uma alternativa muito bacana para os momentos em que você não consegue oferecer um alimento fresquinho, preparado em casa. Uma viagem longa, uma local onde você não confia na procedência dos alimentos, ou simplesmente um imprevisto na rotina (sim, eles acontecem, como no dia em que fiquei horas presa no trânsito de São Paulo com Catarina morrendo de fome!). Para conhecer toda a linha Beabá, dicas de alimentação saudável e receitas, clique aqui.

selo




Arquivado em: AlimentaçãoPublieditorialVida sustentável Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail