Como tirar a mamadeira do seu filho

Por 6 Comentários


Hoje, enquanto lavava a louça de casa, me peguei pensando no processo de retirada da mamadeira de Catarina. Estava ali, com a escova de mamadeira na mão (que ainda é usada para lavar os copos com canudo), e me lembrei de como o processo tinha sido muito mais tranquilo do que eu poderia supor. Aliás, com minha filha é quase sempre assim: nos primeiros dias eu tenho certeza de que vai dar tudo errado, de que levará um tempo enorme para sua adaptação, e quando vejo, já terminou. Ufa!

No fim do ano passado, quando Catarina estava para completar três anos, achei que já era hora de tirar a mamadeira. Por um lado eu a achava imatura, ainda um bebezão (e se era um bebê, porque não podia ter seu leitinho na mamadeira?); por outro, vi que ela já era uma menininha, que estava pronta para tomar o leite no copo (e talvez eu é que não estivesse deixando que ela crescesse!). Até do ponto de vista odontológico, era o melhor a ser feito, e eu fiquei à espera do momento mais oportuno para agir. E como o Natal se aproximava, nada melhor do que deixar a tarefa com o santo Papai Noel!

No fim de outubro comecei a colocar o plano em ação: o combinado era que ela deixasse a mamadeira até o Natal, para que Papai Noel a levasse e trouxesse seu presente no dia 25. E foi exatamente assim que aconteceu: no início de dezembro ela resolveu que a partir daquele dia não usaria mais mamadeira e nunca mais chorou por ela (apesar de ter perguntando no dia seguinte se não dava para mamar a última vez!). Falando assim parece fácil (e acho que foi mesmo), mas tenho certeza de que só ocorreu dessa forma porque Catarina já estava preparada. Pensando bem, o processo de desmame já havia começado antes, eu é que não havia percebido.

Alguns pontos (que eu acho) que ajudaram na retirada da mamadeira:

– Minha filha já tinha habilidade motora para usar copos, com e sem canudo. Aliás, nessa idade (2-3 anos) eles adoram canudos! Acho que acertei em comprar copos bem bonitos (que ela usava para tomar suco), e deixar que ela se acostumasse com eles. Se já tomava suco dessa forma, também conseguiria tomar o leite.

– A filhota não acordava mais com frequência no meio da noite. Porque, cá entre nós, quando o filho acorda no meio da noite chorando e pedindo por mamadeira, você faz qualquer coisa para que ele volte a dormir! Como não havia mais esse problema, era mais fácil sumir com a mamadeira sem ter que abrir uma exceção durante uma madrugada de desespero!

– A pequena já estava na escola. E o contato com outras crianças da sua idade a estimulou a querer crescer, se desenvolver, e deixar de ser um bebê. Na mesma época transformamos seu berço em uma mini-cama, o que foi outro fator de motivação para a nova etapa.

– Não estávamos passando por fases de adaptação ou mudanças. Porque durante esses períodos, tudo fica mais complicado com nossos filhos, não é mesmo? Esperei que ela já estivesse bem adaptada na escola e posterguei o desfralde noturno (ou melhor, comecei e voltei atrás, aguardando mais um tempo), para que durante a retirada da mamadeira ela só tivesse esse desafio.

E aí, como foi (ou está sendo) o processo de retirada da mamadeira? Alguma dica para deixar? Deixe nos comentários, porque sempre ajuda novas mães que passarem por aqui!

 




Arquivado em: AmamentaçãoComportamentoCuidados diáriosDesenvolvimentoDicas de mãe Tags:

Comentários (6)

Trackback URL

  1. Lilian disse:

    Aqui em casa entramos na fase dos Super Heróis, então como ele queria muito o boneco do Homem Aranha, achei que era hora de trocar pela mamadeira, pois meu filho já estava com 3 anos e uns meses. No dia que a mamadeira foi pro lixo ele ganhou o tão esperado boneco, a minha única preocupação é que o meu filho toma tudo no copo, suco, água, refrigerante (às vezes, menos leite. E agora o que eu faço? Uma criança que não quer mais tomar leite. E olha que ele tem um copo lindo de canudo do Homem Aranha.

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Lilian,

      Vejo isso acontecer com muitas crianças! Catarina estranhou um pouquinho a troca da mamadeira pelo copo com canudo – nessa época (com a anuência do pediatra), o que resolveu foi colocar um achocolatado para dar um gostinho especial. Depois a cisma dela passou, e voltei a dar apenas leite.

      Outras coisas que percebi serem importantes: deixar o leitinho morno antes de colocar no copo e deixar que ele “ajude” na hora de fazer o leite (se for fórmula, ele pode mexer um pouquinho, por exemplo). A curiosidade às vezes fala mais alto e eles querem provar, mesmo que seja no copo com canudo!

      Beijos!

  2. maria fernanda disse:

    oi Nívea. A Catarina usava chupeta ainda, nesse momento em que vc tirou a mamadeira? Tenho uma filha de 1 ano e 10 meses. Gostaria muito de iniciar o processo de retirada da chupeta, mas acredito que ela ainda não está pronta porque é muito agitada e se acalma pra dormir apenas sugando. Fico pensando se tiro a chupeta e mamadeira ao mesmo tempo. Obrigada.

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Maria Fernanda, tudo bem?

      Catarina nunca pegou a chupeta, usava com muito custo, e mesmo assim só no meio da madrugada, quando eu conseguia dar uma enganadinha. Mas durou bem pouco, e ela passou a jogar a chupeta longe, rsrs.

      No seu caso, nada impede que você tire a chupeta e a mamadeira em tempos diferentes – na maioria das vezes é exatamente isso o que as mães fazem. Sinta o que é melhor para a sua pequena, que tudo dá certo 🙂

      Grande beijo!

    • Aline disse:

      Aqui em casa foi ben difícil cm o Nicolas pois ele não largava a chupeta por nada era o dia todo mesmo nem p tomar banho ele não deixava tirar da boca oq eu fiz foi distrair ele com alguma brincadeira e eu tirava a chupeta e escondia mais ele ficava perguntando chorando ,aí falei uma historinha que os fogos tinha levado a pepe ee que ele era um rapazinho e a chupeta tava fazendo mal p os. Dentinhos depois de dois dias ele estava acostumado sem ela mais foi dois dias MT difícil temos q ter paciência e no caso dele ele não sabia nem mastigar por conta da chupeta ele tem dois anos agr vou começar a tirar a mamadeira .

  3. Glauce Santiago disse:

    Olá. Tenho uma bebê de 1 ano e 5 meses e precisonpara de dar de mamar. Ela passa a noite toda mamando. Não quer ficar no berco desde os 6 meses n dorme a noite toda em hora em hora ela acorda pedindo para mamar. Estou exausta pq não dormo e no outro dia tenho minhas ativdiades em casa para executar.
    Melhorou quando abrimos o berço e colocamoa ele.na altura da nossa cama. Fazendo uma extensão. Porem chegou um momento q ela ja n queria mais ficar em seu berço. Hoje fechamos o berço e estamos retomando o desmame noturno e definitivo e a colocando em seu berço p dormir. Pedindo a Deus forças pq somente quem passa por isso sabe como se sente outras maes.

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail