Refeições saudáveis, pratos divertidos!

Por 4 Comentários


O Ano Novo começou com algumas novidades aqui em casa. Decidi que era hora de melhorar a alimentação de Catarina; aliás, da família inteira! Não costumamos comer besteiras; balas, chicletes, salgadinhos já não fazem parte das compras de supermercado desde que minha filha nasceu. Mas isso não quer dizer que temos refeições nota 10: arroz, feijão e algum tipo de carne branca ou vermelha estão sempre presentes, mas frutas, legumes e verduras poderiam ser melhor explorados.

Comecei a perceber que nosso cardápio estava limitado à batata, beterraba, mandioquinha, cenoura, alface, brócolis… Das frutas, melancia, melão, maçã, pera, uva, mamão e laranja para fazer suco. Mas abobrinha, abóbora, vagem, beterraba (que eu usava nas papinhas iniciais de Catarina) sofreram um sumiço repentino. E vai convencer a filhota que era hora de retomá-los! Ah, não queria de maneira alguma!

As frutas são um problema à parte. Confesso que nunca fui grande consumidora, embora saiba perfeitamente de todos os benefícios que trazem (vocês acreditam que eu não gosto de banana? Parece incrível, mas é verdade!). Como no início da alimentação sólida Catarina comia bem todas as que eram oferecidas, achei que ela escaparia desse meu hábito nada recomendável. Mas o tempo foi passando e ela começou a ficar bastante seletiva (e além de não querer comer as que mamãe não curte muito, passou a rejeitar também aquelas de que gosto – e que ela me vê consumir com frequência).

O desafio passou então a ser reintroduzir alguns alimentos de forma mais “amigável” em nossa dieta. Cá entre nós: dependendo de como é preparada, nem eu tenho vontade de encarar a abobrinha! Então não daria para esperar uma receptividade muito grande da pequena! Como eu sou uma pessoa muito visual para comida (literalmente eu devoro primeiro o prato com os olhos), achei que a saída seria investir na apresentação do que fosse servido. E não é que está dando um resultado muito interessante? Catarina fica curiosa para provar alimentos de que ela nem se lembra, só porque estão sendo mostrados de uma forma divertida. E eu descobri que a tática funciona bem também comigo! Assim as frutas que eu não tinha muita vontade de comer estão pouco-a-pouco sendo aceitas pelo meu paladar. A seguir eu compartilho com vocês alguns dos pratos que criei para essa nova fase alimentar da nossa casa. Espero que gostem! Eles são compartilhados no Instagram do nosso blog, e você poderá acompanhá-los por lá sempre que algo divertido for criado. Será um prazer ter você nos acompanhando lá também: http://instagram.com/mildicasdemae.

foto 2foto 1foto 3




Arquivado em: AlimentaçãoDiversãoDIY Tags:

Comentários (4)

Trackback URL

  1. Eu sempre digo isso no meu blog….. se nós adultos comemos com os olhos, imagina as crianças! A Lara se alimenta super bem…. desde que começou a comer papinha….. e eu faço os pratos divertidos desde a papinha! Coincidência ou não, fazê-los faz bem pra mim também: eu me divirto fazendo e a Lara adora e come tudo. Você está de parabéns, estão lindos os pratos. bjus Coisas da Lara

  2. Tamara disse:

    Quero comer na sua casa! Os pratos estão lindos!

  3. Amei parabéns pela criatividade e paciência , que bacana sempre tentei deixar as coisas mais bonitinhas pra minha filha comer mas nunca ficou tão lindo assim desenhava nas frutas com a pontinha da faca, obrigado por compartilhar com a gente,beijos <3

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail