Amamentando em público

Por 10 Comentários


A questão da amamentação em público nunca foi tão discutida como hoje em dia. Apesar de continuarmos a escutar histórias sobre mães que “foram gentilmente solicitadas a não amamentar seu bebês em lojas, restaurantes, shoppings”, estamos mais atentas em cobrar o respeito que a amamentação merece, seja ela dentro ou fora de casa.

Pensando nisso, a jornalista Catarina Beato e o fotógrafo Tiago Figueiredo criaram o projeto Loove, onde registram mães e seus bebês, mamando nos mais diferentes locais: na rua, em uma feira, no metrô, na praia… Justamente com o objetivo de mostrar que esse é um processo natural e que deve ser enxergado como realmente é: um ato de amor de extrema beleza. As fotos são lindíssimas, e eu fiquei muito feliz ao encontrar uma colega de escola (que coincidente é cunhada de uma grande amiga minha hoje) entre as mães do ensaio. Embora os idealizadores do projeto sejam portugueses, muitas das fotos foram feitas no Brasil, mais precisamente em São Paulo. Adorei reconhecer lugares por onde passo frequentemente ou já passei e fiquei imaginando o clima de cada foto!

Agora deixo vocês com um gostinho do Loove!

mama 9 mama 10 mama 11

 

 




Arquivado em: Diversão Tags:

Comentários (10)

Trackback URL

  1. Muito Válido O Projeto Que Ainda Demonstra A Amamentação Prolongada.

  2. Acho muito legal o projeto, e muito lindo as fotos, mas eu tenho um pouco de vergonha entao uso um lenço por cima.

  3. Bruna disse:

    A amamentação é muito importante além de ser um momento de intimidade entre mãe e filho, portanto merece ser preservado. Sim, isso mesmo, preservar o momento para o local adequado, a maioria dos lugares públicos tem fraldário, use-o. Por mais lindo, sagrado e necessário que seja a amamentação, para quem está em volta, ainda é um seio feminino saindo para fora da blusa e isso não deixa de ser constrangedor para quem está em volta. Noção é bom e todo mundo gosta.

  4. Flávia Portela Drovette disse:

    nos tempos de hoje temos vergonha de amamentar em público, mas é um ato lindo de amor, eu gostaria de não ter tanto receio!!!!

  5. Cristiane Barile disse:

    Pois eu não tenho vergonha Flávinha!!! Rsrsrs

  6. Flávia Portela Drovette disse:

    Cristiane Barile eu estou ficando sem vergonha kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 😛

  7. Marta Barbosa disse:

    VERGONHA EU TENHO DE VER TANTA GENTE DROGADA NAS RUAS E FICAM SE PREOCUPANDO COM MAES QUE CUIDAM E ALIMENTAM SEUS FILHOS VERGONHA E ENCONTRAR UM BEBE JOGADO NO LIXO E MALTRATADO ISSO NINGUEM SE PREOCUPA.

  8. Flidismaxley disse:

    Eu nao tenho vergonha e olha o meu bebe ja tem 3 anos e mama bem

  9. Lea B I Furlan disse:

    Muito eu…

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail