O PEC das domésticas: o que muda em nossas vidas?

Por 0 Comentários


É claro que não poderíamos deixar de falar sobre esse assunto aqui no Mil Dicas de Mãe. Afinal, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) das domésticas é o tema da semana, justamente por impactar a vida de muitas de nós, mulheres. Se você é empregada doméstica, merece nossos parabéns. Porque sua rotina de trabalho não é moleza, não. E agora, você tem garantidos os mesmos direitos dos outros trabalhadores contratados em regime de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Nada mais justo, porque na minha opinião devemos lutar por condições dignas de trabalho para todas as categorias trabalhistas.

Se você é empregadora, a má notícia é que você vai gastar mais. Sim, porque obviamente esses direitos têm custos, que incidirão diretamente em seu bolso. Alguns direitos já passarão a valer a partir da próxima terça-feira, dia 02 de abril, para quando está marcada a promulgação do projeto. Outros dependem de regulamentação para começar a valer (veja abaixo os direitos previstos pela PEC e a partir de quando deverão ser previstos no seu orçamento familiar).

Imagem: IG

Imagem: IG

A grande pergunta que fica no ar é como conseguiremos absorver esse aumento de custo em nosso orçamento (que, em termos práticos, deve ficar em torno de 6% do valor que pagamos atualmente às empregadas). E também como ficarão os acordos de jornada de trabalho a partir de agora, uma vez que a a PEC prevê jornada máxima de trabalho de 44 horas semanais, com máximo de 8 horas diárias (ou seja, de segunda à sexta seriam cumpridas 40 horas e 4 horas no fim de semana). A discussão é intensa e já atingiu as redes sociais; tanto que há empregadoras dispostas a instalar ponto eletrônico para monitorar o horário de trabalho e outras que dizem que a única saída será a demissão da atual empregada para a contratação de outra, por um salário mais baixo.

E na sua casa, qual o impacto que a PEC está causando? O aumento do custo em seu orçamento será absorvido sem grandes traumas? Há a possibilidade de demissão da sua empregada e substituição por uma diarista ou outra empregada doméstica por um salário menor? Deixe seu comentário!

 




Arquivado em: Coisas de casa Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail