Lanche saudável: as melhores escolhas para seu filho levar à escola

Por 12 Comentários


Se você se preocupa em mandar um lanche saudável para seu filho comer na hora do recreio, seja bem-vinda ao post de hoje. Alimentação com saúde se aprende em casa, mas deve ser mantida também fora dela, concorda? Especialmente na escola, um ambiente que seu filho frequenta diariamente e onde um melhor aprendizado certamente está relacionado a uma boa nutrição. Confira nossa lista de alimentos que fazem parte de uma lancheira nota 10!

Lancheira térmica

Água: sim, água, por que não? Uma das melhores coisas que você pode fazer pela alimentação do seu filho é acostumá-lo a beber água pura frequentemente (muitos pequenos só tomam sucos de frutas e acabam ingerindo calorias em excesso). Por isso usá-la como bebida base na sua lancheira saudável é uma ótima escolha.

Água de coco: com minerais e poucas calorias, também é uma ótima opção para a bebida do lanche. Se optar pela natural, retirada do coco, não se esqueça de enviá-la em garrafa e lancheira térmicas, para evitar a oxidação. Se optar pela industrializada em caixinha não há essa necessidade (nesse caso há adição de uma substância antioxidante).

Suco de fruta natural: para garantir que a perda das vitaminas seja a menor possível, é fundamental a escolha da fruta certa e o armazenamento correto. As melhores frutas para se fazer um suco natural que irá na lancheira de seu filho são: laranja, abacaxi, melão, maracujá e acerola (uma mistura de laranja e acerola proverá o filhote com toda sua necessidade diária de vitamina C, mesmo considerando a perda de parte da vitamina, até a hora do lanche). O armazenamento deve ser feito em garrafa térmica opaca, para evitar o contato com a luz, que acelera a degradação das vitaminas. Opte por uma garrafa pequena, pois o ideal é preenchê-la o máximo possível, reduzindo a quantidade de ar no seu interior, que também oxidaria o suco.

Suco de fruta industrializado: prefira os sucos integrais, onde 100% é suco da fruta. Não são adoçados, por isso mais saudáveis. Uma alternativa bastante interessante são as polpas congeladas: preservam boa parte das vitaminas e não contém conservantes. Em ambos os casos, envie em garrafa e lancheira térmicas.

Importante: sucos naturais podem ser bastante calóricos, como é o caso do suco de laranja, que usa em média três laranjas. Evite usar com frequência se o filhote apresentar tendência a sobrepeso (ou, como alternativa, misture o suco com água, para reduzir suas calorias). Evite também bebidas industrializadas adoçadas, ou mesmo refrigerantes diet, que embora demonstrem reduzida quantidade calórica, apresentam elevada quantidade de sódio (além de não agregar valor nutricional ao lanche do seu filho).

Frutas: prefira aquelas que não precisam ser cortadas pela professora (que tem que dar conta de inúmeras crianças durante o lanche), no caso de seu filho ainda ser pequeno e não conseguir comer uma maçã ou uma pera inteira, por exemplo. Uvas, morangos, cerejas inteiros e gomos de mexerica são ótimas opções. Bananas são muito práticas se seu filho já souber descascá-las. Melão, melancia ou abacaxi em pedacinhos dão um pouco mais de trabalho para a mãe, mas se você tiver tempo, também servem como alternativas, assim como uma salada de frutas (delícia!). Para manter a fruta fresquinha, não esqueça a lancheira térmica.

Iogurte: fonte de cálcio e proteínas, está liberado para uma lanche saudável (também deve ser enviado em lancheira térmica, claro!). Para as crianças, evite as versões com adoçantes.

Pão: fonte de carboidratos, pode ser enviado com frequência, variando-se o recheio. Pães integrais são mais recomendados, por conter maior quantidade de fibras e liberar energia mais lentamente, o que é bastante benéfico para a saúde. Evite os pães com maior quantidade de gordura hidrogenada, como as bisnaguinhas. Alternativas ao pão são as torradas (também integrais, preferencialmente), o pão de queijo caseiro (que não contém gordura trans), os bolos (também feitos em casa, cuidado com as massas de pacote, que também contém gordura trans) e as bolachinhas (sem recheio, do tipo maisena ou cookies integrais).

Queijo: no sanduíche ou em pedacinhos, é uma excelente opção para um lanche saudável. Prefira os brancos, com menor quantidade de gordura (e tome cuidado com algumas marcas, que exageram na quantidade de sódio). Uma alternativa a ele para variar o cardápio é a ricota, que pode ser usada como recheio do pão.

Pipoca: que tal fazer uma sexta-feira mais relaxada e enviar pipoca para o lanche? Além de fazer o maior sucesso com o filhote, as pipocas são fonte de fibras e carboidratos. Prefira estourar o milho na panela, reduzindo a quantidade de gordura em seu preparo (em relação à pipoca de micro-ondas).

Outras comidinhas: que tal pensar em tomatinhos-cereja ou cenouras baby? Mais natural, impossível!!!




Arquivado em: AlimentaçãoCuidados diáriosVida sustentável Tags:

Comentários (12)

Trackback URL

  1. Daniela disse:

    Ní, sabe que eu tenho uma dúvida ENORME quanto à lancheira da Laura????

    Como eu sei se ela é térmica??? Sério, como eu sei isso?!?!

    Eu comprei aquele combo “mala de rodinha + lancheira que é mochila”, sabe? A lancheira/mochila é revestida de plástico, mas eu não sei se é térmico ou se é para não sujar caso caia comida…..
    E ainda, não tenho garrafa térmica, aonde acha, em qlq loja, tipo americanas???

    Me ajuda?

    Adorei as dicas!!!

    Eu sempre mando frutas no lanche da Laura, sempre! E não mando nada, nem água, nem nada para beber. Vou passar a mandar água, pq eu IMAGINAVA que as professoras davam água, mas na dúvida, vou passar a mandar água para ela sim. Boa ideia!

    Beijos!!!

  2. Monica disse:

    Nivea,
    Sou super fã do seu blog. Sempre passo por aqui para conferir os seus textos, que aliás são ótimos. Adorei as dicas sobre alimentação.
    Gostaria de verificar com você, alguma indicação sobre escolinhas no Butantã ou adjacências. Minha bebê tem 1 aninho e 4 meses. Já estou sofrendo antecipamente em colocá-la na escola, mas será preciso.
    Muito obrigada.
    Beijos!

  3. Andreza disse:

    Gostei muito das dicas. Gostaria de saber essa questão da lancheira, quando sei que é térmica. E o lanchinho? Minha filha só gosta de guloseimas e eu restrinjo o que posso, mas gostaria de ser mais criativa.
    Aguardo resposta.
    Bjs querida!

  4. Dicas são sempre bem vindas

  5. Para nós mães essas dicas são imprescindíveis!!!

  6. Elaine Marchiori disse:

    Muito bom esse blog.

  7. Fabiola Avide disse:

    Adorei as dicas,pois meu filho esse ano vai levar lanchinho pra escola

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail