Dica de livro: Dora e o Sol

Por 0 Comentários


Adoro quando um livro tem uma mensagem simples, facilmente compreendida por uma criança, e que ao mesmo tempo seja o ponto de partida para um entendimento maior do mundo. Foi isso o que me cativou em Dora e o Sol, que conta a história de uma vira-lata, Dora, que gosta de dormir em sua almofada vermelha sob os raios quentinhos do sol. Mas enquanto dorme, Dora sente frio, acorda e descobre que o sol está indo embora! Ela faz de tudo para tentar impedir sua ida, mas… Será que dá para segurar o sol? E se ele for embora, o que acontece? Será que volta? Essas foram as perguntas que surgiram enquanto eu contava a história para minha filha Catarina, que mesmo com pouco menos de 2 anos já entendeu a mensagem do livro.

 

 

O interessante é com essa história singela, a criançada já pode perceber o ciclo do dia. Aliás, a certeza de que o sol nascerá na manhã seguinte não é um porto seguro para todos? Se é para nós, pais e mães, não seria também para os nossos filhos?

O texto é de Veronica Stigger, escritora, crítica de arte e professora universitária gaúcha que tem contos traduzidos para o catalão, o espanhol, o sueco, o francês, o inglês e o italiano. As ilustrações são de Fernando Vilela, artista plástico que já teve dois livros premiados com o Jabuti.

 

Dora e o Sol

Texto de Veronica Stigger e ilustrações de Fernando Vilela

Editora 34

Faixa etária para a qual eu indicaria: acredito que a partir dos 3 anos as crianças compreendam melhor o texto e as ilustrações. Um pouco antes, se seu filho for um devorador de livros como a minha pequena.

 

 




Arquivado em: DiversãoLivros Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail