Consumo de peixe por bebês entre 6 e 12 meses pode reduzir risco de asma

Por 2 Comentários


Mais uma novidade do mundo científico: um estudo publicado há três dias no periódico internacionalmente conhecido Pediatrics mostrou que o consumo de peixe por bebês entre 6 e 12 meses pode estar associado a uma menor chance de desenvolvimento de asma. Mais de 7.000 crianças holandesas foram avaliadas nesse trabalho e houve a conclusão de que existe uma janela favorável à inserção de peixe no cardápio das crianças no segundo semestre de vida (período que coincide com um maior amadurecimento do sistema imunológico dos bebês). Não houve relação entre a quantidade de peixe ingerida e a ocorrência de asma, ou seja, aparentemente pequenas quantidades do alimento já promoveriam o efeito protetor. Aos 4 anos de idade, crianças que começaram a ingerir peixe nessa fase apresentaram menor prevalência de chiados no peito.

Quando o consumo de peixe foi iniciado antes ou após esse período, não foi notada relação entre o consumo desse alimento e uma menor prevalência de asma. Essa informação é interessante porque muitos pais se preocupam em postergar a apresentação de peixe e crustáceos aos filhos, justamente por serem conhecidos como causadores de alergias. Os próprios autores do estudo afirmaram que outros estudos precisam ser feitos para esclarecer essa relação de declínio do risco de asma em função da ingestão de peixes por bebês.

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui. E para ler outros posts sobre saúde, clique aqui.




Arquivado em: NovidadesSaúde Tags:

Comentários (2)

Trackback URL

  1. Fabiana disse:

    Nívea, ja tinha lido esse artigo há alguns meses e como eu tenho asma e meu marido nao, Isabella tem 50% de chance de nao ter. Perguntei para a pediatra na época se poderia introduzir na alimentação, ela disse que era melhor nao pelo risco de reação antes de 1 ano, mas com 4 meses eu comecei com pequenas porções de saint peter 3 a 4x religiosamente por semana e ate hoje com 1 ano e 3 meses, Isabella está livre da asma por enquanto. A minha iniciou com 2 anos. Adoro seu blog, também sou dentista! Bjo

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Fabiana, obrigada pelo carinho de colega de profissão!

      Muito legal o relato da sua experiência. Peixe é um alimento excelente e seu consumo deveria ser mais incentivado aqui no Brasil (ou pelo menos em São Paulo, que é a minha realidade; nas cidades litorâneas acredito que o consumo é bem maior). Além de tudo, é uma delícia! Você viu o post sobre peixe assado que eu faço em 5 minutos? Recomendo, é facílimo! Vou deixar o link aqui: http://www.mildicasdemae.com.br/2013/11/receitas-de-5-minutos-peixe-assado.html

      Ficarei torcendo para sua pequena passar longe da asma!!!

      Bjs,

      Nívea

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail