Você está prestando atenção no seu filho ou trocando mensagens de texto?

Por 1 Comentário


Uma matéria recente do famoso jornal americano The Wall Street Journal relatou uma possível relação entre o aumento de acidentes com crianças pequenas e a utilização de smartphones por seus respectivos pais e cuidadores. Achei importante compartilhar isso com vocês por já ter presenciado uma situação semelhante, onde um bebê com cerca de 2 anos (fase em que eles adoram escalar tudo!) quase caía de um local elevado enquanto sua mãe acessava os e-mails por seu celular, sem perceber o perigo que seu filho corria.

Segundo a matéria, o número de pequenos acidentes com crianças de até 5 anos de idade aumentou significativamente nos últimos anos nos EUA, depois de décadas de diminuição das ocorrências. E uma possível explicação seria justamente a distração dos pais, uma vez que nessa idade os pequenos se colocam constantemente sob risco, e precisam da intervenção dos pais para tirá-los dessas situações. Já está provado que o uso desses dispositivos de comunicação móveis distraem o usuário e aumentam o risco de acidentes de trânsito. E a pergunta que fica é: será que não está acontecendo a mesma coisa em playgrounds, praças, onde pais (e também babás) estão ocupados olhando a tela de um smartphone?

Pequenos acidentes com crianças de até 5 anos ao longo da última década, nos EUA.

A sensação que temos é a de que não estamos distraídos ao enviar uma mensagem de texto, ou fazer um comentário numa rede social. Mas a verdade é que com crianças dessa idade alguns segundos de descuido podem levar a um acidente ou fazer com que as percamos de nosso campo visual. Fica portanto o alerta: avalie-se quanto ao uso desses dispositivos. Quando estiver com seu filho pequeno, evite se distrair com deles. Até porque é muito mais divertido quando você realmente participa da brincadeira com o filhote; aumenta a interação e o vínculo entre vocês!

Para ler a matéria em inglês, na íntegra, clique aqui.




Arquivado em: ComportamentoPapo de mãe Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Daniela disse:

    Ní, não poderia concordar mais!!!

    Eu não tenho celular moderno, não acesso e-mail e raramente mando torpedo (o que eu acho chatíssimo, diga-se de passagem), então, reduzo o risco de não prestar atenção na Laura por conta desses dispositivos. Mas é claro que eu tenho computador, iPad, acesso rápido à internet, tenho minha cerveja do fim de semana, amigos que converso por telefone, tenho um programa bacana na TV e uma lista infinita de distrações…. o que acontece é que a gente tem que estar ciente do risco que os nossos filhos correm quando nos distraímos, seja da forma que for.

    Faz todo sentido que o número de acidentes tenha aumentado com o aumento das vendas de smartphones e afins. Todo.
    Eu mesma já vi mta gente em restaurante sem ver o que filho coloca na boca pq está no celular…. uma pena.

    Beijos grandes, querida!

    Bom feriado, fim de semana, bom “descanso” (hahahaha eu quero morrer quando alguém me deseja DESCANSO no fim de semana)…

    Beijos!

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail