Avulsão dental: saiba o que é e o que fazer

Por 3 Comentários


Olá, pessoal do Mil Dicas de Mãe!

Aqui estou eu novamente, trazendo um pouco mais de conhecimento odontológico às mães (e pais!) leitoras do blog.

Você sabe o que é avulsão dental? Saberia como proceder se acontecesse com seu filho?

Se você é mãe, sabe que as quedas, empurrões e choques ocorrem o dia inteiro com seu filho. Na escola, em casa, correndo, brigando, até dos jeitos mais bobos possíveis. E nessas horas é bem comum que a criança bata a boca no chão. Eventualmente, a pancada pode ser tão forte que provoca a saída completa do dente do osso alveolar. Sim, o dente pode sair literalmente voando, para desespero dos pais ou de quem estiver por perto!

Em primeiro lugar, mantenha a calma, isso é muito importante. A criança já estará nervosa pela queda, e poderá ficar com ainda mais medo quando perceber sangue saindo pela boca. Cabe a você dar segurança a ela, tentar acalmá-la, para poder mexer no local.

Em segundo lugar, tenha em mente se o dente avulsionado é “de leite” ou permanente. Se a criança tem menos de 6 anos de idade, o dente é pequenininho e bem branquinho, provavelmente é um dente de leite. Nesse caso você não deve tentar recolocá-lo, pois poderá causar algum trauma no dente permanente, que já está sendo formado dentro do osso. Apenas limpe o local com uma gaze embebida em água filtrada (vale a pena ter sempre em casa pacotes de gaze estéril, na caixinha de primeiros socorros) e leve seu filho ao dentista, para checar se ouve dano a algum outro dente.

Por outro lado, se for um dente permanente, o ideal é que seja reimplantado o mais rápido possível, preferencialmente dentro de meia hora. Quanto mais tempo se passar com o dente fora da boca, menores as chances de sucesso do reimplante. Se você acha que não conseguirá um atendimento profissional dentro desse intervalo de tempo, a melhor alternativa é você mesmo fazer o procedimento. Siga os passos a seguir:

– Lave o dente em água corrente, para remover as sujeiras mais grosseiras, segurando-o pela coroa (não encoste com os dedos na raiz).

– Não esfregue qualquer tipo de pano ou papel sobre a raiz do dente, na intenção de deixá-lo ainda mais limpo. Nessa superfície há fibras que garantem a fixação do dente no osso, e que se removidas causarão o insucesso do reimplante.

– Se conseguir atendimento profissional rápido, coloque o dente em água (pode também ser em leite, como diz a lenda) e leve ao consultório odontológico junto com seu filho. O dente precisa se manter úmido para o reimplante.

– Se optar por você mesmo reimplantar (se você tiver calma para isso, certamente é a melhor opção, não espere!), logo após a lavagem do dente recoloque-o no osso, tentando realinhá-lo com o dente vizinho. A seguir, leve seu filho ao dentista, para que ele faça uma contenção do dente (uma espécie de fixação aos dentes vizinhos, por um período de 7 a 10 dias, o que aumentará as chances de sucesso do reimplante).

– Parabéns! Você pode ter acabado de salvar o dente do seu filho!

Achou útil esse post? Manda o nosso link para as mães que você conhece, pois é o tipo de informação que vale a pena divulgar!




Arquivado em: DentesSaúde Tags:

Comentários (3)

Trackback URL

  1. Denise Prado disse:

    muito interessante, não fazia idéia que era possível.

  2. Helena Arruda disse:

    É importante, não deixe de ler!

  3. tenho meu anjo ,hoje 6 anos e os dentes todos caindo

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail