Fralda para piscina: o que é verdade e o que não é!

Por 11 Comentários


Catarina foi à piscina pela primeira vez quando fez 10 meses de idade. Estávamos viajando pelo Nordeste (olha aqui outro tema imperdível sobre dicas, pois viajar com um bebê demanda muita organização e planejamento! Aguardem!) e levamos a casa inteira, toda a parafernália que achei necessária para sobreviver quatro dias.

Uma das primeiras coisas que me lembrei de levar foi a fralda para piscina. Já havia visto filhos de amigos usarem, mas não sabia exatamente como funcionava. O que eu imaginava: que eram super absorventes por dentro (para não vazar xixi), bem adaptadas para não vazar o cocô, e não absorventes por fora, para não inchar em contato com a água, como ocorre com as fraldas normais. Só achei uma marca disponível no Brasil (mães, por favor me avisem se conhecerem outra!): a Huggies Little Swimmers.
Durante a viagem não tivemos problemas, mas numa das vezes seguintes em que foi à piscina, mal Catarina havia saído água quando foi aquela enxurrada de xixi. E conversando com outras mães, percebi que nem todo mundo sabia que logo que o bebê sai da piscina, é recomendável trocar a fralda por uma normal (portanto, mais um assunto a ser abordado no Mil Dicas de Mãe!). É claro que fui conferir o que a embalagem do produto dizia (vai que a recomendação estava ali e eu nem tinha lido…). O que está lá:
- que a fralda veste como um shortinho e que tem laterais elásticas, que podem ser rasgadas para facilitar a remoção da fralda (ok, isso é verdade; com a fralda molhada, é bem mais fácil rasgar do que tirar a fralda por baixo).
- que não incha em contato com a água (ok, ela absorve bem menos água do que uma fralda normal, não pesa e é bem mais confortável na água para o bebê).
- que não vaza na água (ops! Na-na-ni-na-não! A fralda segura o cocô, mas definitivamente não segura o xixi, e isso eu afirmo depois de receber a mesma informação de outras mães).
- tamanho (veja o que comprar para o seu bebê): o P vai de 7 a 12 Kg; o M de 11 a 15 Kg, e o G a partir de 14 Kg.
Conclusão: vale a pena comprar a fralda, mas não espere uma super tecnologia que evite o vazamento de xixi (só de não vazar o cocô já é alguma coisa, certo?). Fica a dica: logo que seu filho sair da água, troque a fralda de piscina por uma normal. Ah, e não se iluda: a piscina das crianças continua cheia de xixi (rsrsrs)!

Quer ler outros posts sobre fraldas? Clique aqui!


Arquivado em: Cuidados diáriosDicas de mãe Tags:

Comentários (11)

Trackback URL

  1. LULI disse:

    Com toda certeza, concordo com todas as informações, mesmo assim vale a pena para o cocô.
    Beijos

  2. Olá….tem a da pampers tbm….e quase o mesmo preço…..a da hugges 19,90 com 12 fraldas (tamanho P) e da pampers é 49,90 com 24 fraldas…

  3. tem a splash da pampers, vou testá-las no fim do mês q vem, o preço é mt parecido.

  4. Vanessa Alamino disse:

    A splash da pampers também vaza o xixi e não é pouco. Também deixei com a splash achando que estaria até mais protegida que a normal quando vi minha filha toda molhada. Não gostei.

  5. Samira disse:

    Realmente, concordo com quase tudo sobre a fralda de piscina, o único porém, é que ela só segura o cocô durinho, tive um acidente na praia com uma escapadinha… ai foi uma vergonha que só srsrsrs e o pior controlar a Vivi com nojo dela própria kkkk só acontece com mãe.

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail