Organizando a cômoda/trocador do bebê

Por 8 Comentários


Comprar os móveis, os objetos de decoração para o quarto do bebê é uma delícia! E torná-lo prático, funcional, é igualmente importante. Sei que a organização da cômoda do bebê é algo bem pessoal, mas quero compartilhar alguns truques que aprendi no dia-a-dia, alguns deles depois de ver jatos de cocô espalhados pelo quarto (sim, Catarina era expert nisso, houve até um clássico na noite de Natal que quase chegou até o berço, inesquecível!).
Depois de dias e mais dias de experiência, fui agregando novos objetos ao trocador, e agora acho que cheguei em um modelo que me agrada bastante. Então me deixem contar o que há na cômoda/trocador da Catarina:
– bandeja: para colocar todos os apetrechos dentro; faz parte do chamado kit higiene junto com as caixinhas.
– garrafa térmica: de preferência com o tipo de tampa que é de apertar e não de rosquear. Porque o movimento de apertar você consegue fazer com uma mão só (a outra está segurando o bebê).
– cumbuca ou pote para colocar a água e molhar o algodão.
– caixinhas: boas para guardar algodão, cotonetes (esses você usará principalmente no começo, para limpar o coto umbilical, e aquelas dobrinhas bem pequenininhas e de difícil acesso), soro fisiológico (como o ar tem ficado cada vez mais seco, uso para irrigar o nariz da Catarina), chupetas…
– algodão: há dois tipos básicos que usamos para bebês, em quadradinhos ou em bolinhas. A impressão que tenho é que gasto menos usando os quadrados, porque dá para separá-los em duas partes e fazer render mais. A bolinha, se você dividir, fica pequena demais e dificulta a limpeza (em compensação é mais macia, melhor para limpar o resto de leite do rosto do bebê; então durante um tempo eu mantive os dois tipos de algodão no trocador).
– lenços umedecidos: em casa estou acostumada a limpar a bebê com algodão e água. Mas mesmo assim, deixo uma caixa de lenços umedecidos no trocador, para os mega cocos. Nesses casos, eu dou uma primeira limpada com o lenço, e depois finalizo com o algodão. E por quê? Porque senão eu gastaria o saco inteiro de algodão de uma só vez. Usar o lenço no começo, além de tornar a limpeza mais fácil e rápida, faz com que eu gaste MUITO menos algodão.
– fraldas: bom, essa era óbvia! Você tem algumas opções para guardá-las, como na primeira gaveta da cômoda (como é algo que você pega o dia inteiro, deve ficar bem à mão; não coloque em gavetas mais baixas), em sacolas de tecido penduradas na parede com uma haste (mas pense que depois que o bebê cresce, se ele for do tipo danadinho, pode puxar o que está sobre o trocador – cuidado para que peças pesadas não caiam sobre o bebê) ou em cestas ou caixas porta-fraldas sobre a cômoda. Eu optei por colocar na primeira gaveta e me adaptei bem, fica prático para pegar e diminui a quantidade de coisas sobre a cômoda.
– pomada anti-assaduras.
– papel toalha: sim, papel toalha! Porque você perderá a conta de quantas vezes o bebê fará cocô ou xixi DURANTE a troca. E se prepare, porque quando o bebê é bem novinho, o cocô vem em jato! Nessa hora ter um rolo à mão ajuda a dar aquela primeira limpada (em cima da cômoda, na sua blusa…) para conseguir terminar a troca antes do possível próximo jato (a história de que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar é balela, já levei dois jatos em seguida!). Se achar muito feio deixar sobre a cômoda, coloque na primeira gaveta junto com as fraldas.
– álcool gel: vazou alguma coisa sobre o trocador? Limpe e finalize com um álcool gel. Quando a Catarina era recém-nascida, eu passava direto sobre o trocador, me dava uma boa sensação de limpeza.
– fralda de pano: é legal colocar sobre o plástico do trocador, principalmente quando o bebê é bem novinho. Fica bem mais confortável para ele.
– hidratante (recomendado pelo pediatra, é claro), filtro solar (só depois dos 6 meses): acho mais fácil deixar no trocador, bem visível, para não esquecer.
Ah, e o grand finale: se você tiver a possibilidade, coloque um dimer perto do trocador (bem, em outro local do quarto também serve). Maravilhoso para trocas noturnas em que você faz de tudo (até prende a respiração!) para o bebê não acordar!

Clique para ver mais sobre preparativos para a chegada do bebê.




Arquivado em: Cuidados diáriosDicas de mãePreparativos Tags:

Comentários (8)

Trackback URL

  1. Josi disse:

    Perfeito anotei muita coisa estou com 6 meses de gravidÊz e pesquisando muito para comprar tudo que me for necessário mas sem disperdício, afinal não quero o quarto do meu bebe entulhado de coisas sem eu mesma me achar lá dentro lolll

  2. Rôsy Santana disse:

    dicas muito boas!!! valeu!

  3. uma dica boa tbm é deixar o Alcool gel por lá! né?

  4. Dicas otimas, principalmente para mamaes de primeira viagem.

  5. karen disse:

    maravilhosas essa dicas !!

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail